WEB RÁDIO

segunda-feira, 30 de abril de 2018

Pedreiro que confessou morte de Iasmin Lorena está isolado no Pavilhão 2 de Alcaçuz


O pedreiro Marcondes Gomes da Silva, de 45 anos, está no Pavilhão 2 da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, no município de Nísia Floresta, região metropolitana de Natal, isolado e sem qualquer contato com outros presos detidos no prédio.

A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc).

Marcondes, apontado como principal suspeito de ter matado a menina Iasmin Lorena de Araújo, de 12 anos, chegou à maior unidade prisional do Rio Grande do Norte no mesmo dia em que foi preso, na quinta-feira (26).

Segundo informações passadas pela assessoria de imprensa da Sejuc, ele está isolado, em uma cela conhecida como “seguro”. 

No mesmo pavilhão, estão mais 149 presos, homens detidos por diversos crimes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário