WEB RÁDIO

sábado, 30 de dezembro de 2017

Delegado-geral pede exoneração durante greve de policiais no RN


Sob a alegação de que atingiu o tempo de contribuição previdenciária e diante da atividade de risco que exerce, o delegado-geral de Polícia Civil do Rio Grande do Norte, José Francisco Correia Júnior, anunciou nesta sexta-feira, 29, que deixará o cargo. 

O anúncio da aposentadoria ocorre num dos períodos mais críticos na segurança pública potiguar. Desde o início da semana passada, policiais civis e militares, além de bombeiros, delegados e escrivães de Polícia Civil reduziram os serviços a 20% do efetivo.

Eles pedem o pagamento dos salários atrasados dos meses de novembro, dezembro e o décimo terceiro – além de melhorias na estrutura de trabalho e regularização das viaturas policiais.


Nenhum comentário:

Postar um comentário