WEB RÁDIO

segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Empresas que prestam serviços para o Governo do RN querem cronograma para atrasados

Entidades que representam empresas fornecedoras de serviço ao Estado defendem o estabelecimento de um calendário de pagamentos de débitos por parte do Estado até zerá-las. As informações são da Tribuna do Norte.

Em 2019, o Estado tinha um volume de R$ 1,6 bilhão de restos a pagar, referentes a débitos contraídos em exercício anteriores, com empresas prestadoras de serviço e até outubro do ano passado pagou aproximadamente R$ 272 milhões, 16,6% do total, e cancelou outros R$ 124 milhões (artifício possível quando dívidas são antigas).

As cifras estão registradas no boletim fiscal do Estado publicado no ano passado. O valor atual das dívidas que ficou pendente em 2019 ainda não é conhecido.


Nenhum comentário:

Postar um comentário