WEB RÁDIO

sábado, 17 de junho de 2017

Produção de energia eólica no RN cresce 39% de janeiro a abril

Dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) mostram que o Rio Grande do Norte registrou, ao longo dos primeiros quatro meses deste ano, um aumento de 39% na produção de energia eólica em operação comercial no Sistema Interligado Nacional (SIN). 

A média de crescimento potiguar é superior à média nacional, que foi de 30% em relação ao mesmo período de 2016.

Com o resultado, o estado mantém a liderança na produção brasileira, com 1.087 MW médios, muito à frente da Bahia (678 MW), do Rio Grande do Sul (533 MW) e do Ceará (465 MW), que vêm na sequência.

O número se torna ainda mais surpreendente quando é analisada a capacidade instalada. De janeiro a abril deste ano, o Rio Grande do Norte teve aumento neste quesito de 19%, acrescentando 3.209 MW de capacidade instalada – quantidade um pouco menor de tudo o que foi produzido pelo país nos quatro meses: 3.286 MW. 
Ao todo, o país teve 10.517 MW de capacidade instalada. O Rio Grande do Norte responde, logo, por mais de 30% disso.

Tiago Rebolo

Nenhum comentário:

Postar um comentário