WEB RÁDIO

domingo, 25 de junho de 2017

Centrais sindicais divergem e desistem de greve geral no próximo dia 30

Enfrentando divergências internas após intervenção do governo Temer, as centrais sindicais desistiram de convocar uma greve geral para o dia 30, como anteriormente anunciado.

Após três horas de reunião, dirigentes de nove centrais divulgaram nota em que apresentam um calendário de mobilizações, mas sem usar a expressão greve geral.

Dirigentes de Força Sindical, UGT, Nova Central e CSB deverão se reunir com o presidente Michel Temer. CUT e CTB poderão ser convidadas.

Pesou para a decisão a constatação de que os trabalhadores da área de transportes, especialmente os de São Paulo, não parariam no dia 30. 

Os metroviários resistiram sob argumento de que foram punidos com perda de quatro dias de salário em decorrência da greve do dia 28 de abril. Mas não foi só. A Força Sindical recuou após forte articulação do governo Temer. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário