WEB RÁDIO

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Assassino do cabo Lima tinha fama de ‘Matador’ e mirava sempre na cabeça


O homem morto nesta quarta-feira, 14, é o mesmo Alex Matador, criminoso que justifica o apelido dada a quantidade de homicídios que praticou.

Alexsandro Barros da Silva é o nome de batismo de ‘Matador’, também conhecido como Alex Galera. Ele tinha 22 anos.

Ele ficou conhecido em Natal quando confessou, em 2014, o assassinato de 16 pessoas. No vídeo da confissão, compartilhado na internet, Alex cita nomes das vítimas e até a quantidade de tiros com os quais as matou.

“Chego e dou o primeiro (tiro) na cabeça pra não correr. Depois chego perto e disparo o resto”, diz Alex no vídeo para descrever o modus operandi.

Alex Matador morreu durante operação do Batalhão de Operações Policiais Especiais, o Bope, na comunidade do Japão, Zona Oeste de Natal. 
A morte ocorreu um dia após o homicídio do policial militar de 38 anos.

Cabo Lima foi morto a tiros no bairro Bom Pastor, também na Zona Oeste.



Nenhum comentário:

Postar um comentário