WEB RÁDIO

quinta-feira, 30 de março de 2017

Monitoramento de presos é suspenso no RN por falta de pagamento

O monitoramento de presos que usam tornozeleiras eletrônicas no Rio Grande do Norte está suspenso desde esta quarta-feira (29).

A denúncia foi feita pelo juiz da vara de Execuções Penais de Natal, Henrique Baltazar, nesta quinta-feira (30), e confirmada pela empresa responsável pelo serviço.

A Spacecom, que tem sede no Paraná, informou que o repasse do monitoramento para as forças de segurança do RN está suspenso até que o pagamento seja normalizado.

De acordo com a empresa, desde outubro de 2016 que os valores não são repassados, totalizando mais de R$ 900 mil.

A Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania (Sejuc), por sua vez, questionada sobre a situação, declarou que não há prejuízo para o monitoramento.

“Houve alguns entraves burocráticos, mas a situação está sendo regularizada e não há nenhum prejuízo para o monitoramento”, disse o secretário Walber Virgolino.

G1 RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário