WEB RÁDIO

quarta-feira, 29 de março de 2017

Divisão de Homicídios prende mãe e filhos suspeitos de assassinato em Natal

Uma investigação da Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) descobriu que uma mãe, seus dois filhos e o irmão da vítima são suspeitos pela morte de um homem que recebeu R$ 104,50 para comprar camarão.

Giselda Ferreira da Rocha, 58 anos, seus filhos Leonardo da Rocha Francisco, 32 anos e Leonilson da Rocha Francisco, 33 anos e o irmão da vítima Alexandre Pereira da Silva, 34 anos, são apontados como autores da morte de Nagib Pereira da Silva, morto no dia 24 de fevereiro, no Paço da Pátria, zona Leste de Natal.

Nagib foi morto no dia 24 de fevereiro deste ano, após ter sido atingido por projéteis de arma de fogo disparados por dois homens.

A Polícia Civil descobriu que Giselda decidiu encomendar a compra de 5 quilos de camarão a Nagib, pelo preço de R$ 20,00 o quilo.

Tal valor abaixo do preço praticado do mercado, era porque Nagib poderia comprar o camarão que era vendido por um vigia de um viveiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário